20 de junho de 2020

Isolado em Itabirito – Histórias da Caserna

Por José Carlos Sá

Soldado (Ilustra Freepik)

Ao final do curso de adaptação à vida no quartel, fomos submetidos a um teste vocacional para sermos separados, conforme nossa aptidão aos diversos setores que compunha a Base Aérea: Infantaria, Saúde, Transportes, Bombeiros, Taifeiros (trabalhar no Rancho) ou Serviços Gerais.

Acontece que este teste era apenas referencial. Cada setor ia solicitando os quantitativos necessários e a “Sargenteação” (órgão administrativo da Infantaria) separava os soldados. Apesar de eu ter indicado no teste que queria ser motorista, junto com o 023, fomos para os Serviços Gerais trabalhar no hangar dos aviões da FAB. Era faxina quase o dia todo, consegui apenas pilotar um carrinho de mão novinho!

Poucas semanas depois a nossa sorte mudou. O DPV (Departamento de Proteção ao Voo) solicitou dois soldados para trabalharem naquele posto remoto a que me referi, em Itabirito, no interior de Minas.

Fui o primeiro a ir e adiantaram algumas diárias para eu comprar comida e gás de cozinha. Na semana seguinte, o 023 me rendeu no posto, só que ele se esqueceu de comprar mantimentos e consumiu todo o alimento que eu tinha deixado. O miserável não me avisou (pelo rádio) desta situação e só levei pouca coisa, contando com o que eu havia guardado na dispensa.

Na quinta-feira tive que andar cinco quilômetros até o portão de uma mineradora para pedir carona e ir a Itabirito comprar comida. Para voltar, a mesma coisa. Pegava carona no caminhão da mineradora e desembarcava a cinco quilômetros de casa.

O 023 aprontou outras comigo, como não tendo ir me render na segunda-feira e me fazendo ficar mais 15 dias no plantão.

Fora do quartel conheci outros 023 na vida civil, que faltavam justamente quando eram necessários.

Tags

023 Aeronáutica caserna DPV FAB Itabirito 

Compartilhar

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*