04 de julho de 2012

BOTOS

Por José Carlos Sá

Concordo com o jornalista Carlos Sperança nas previsões políticas que ele faz. Acerta quase todas, por isso é chamado de “El Brujo”. Mas saiu da senda política, o Carlão exagera na imaginação.
Haja tiquinhos – Li no G1 Rondônia que mais de 10 mil crianças estão sem o nome do pai nos registros. Deve ser um dos tantos dos efeitos das usina, já que muitos peões não assumiram a paternidade e se mandaram para Altamira (PA), onde esta sendo erguida a Usina de Belo Monte. Coisa de louco!”
Filhos sem o nome do pai no “resistro” não é de hoje. Até os botos são responsabilizados pela paternidade não assumida. Agora, para o pessoal dasuzina fazer este estrago aí, teria que ter muita saúde e tempo. Trabalhar o dia todo e fazer filho em todo o Estado, é para os fortes.

Tags

Carlos Sperança Imprensa caripuna Leseiras 

Compartilhar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*