06 de janeiro de 2016

Tudo estranho

Por José Carlos Sá

Dormi ontem com uma suposição e acordei hoje com duas:
O “suposto” sequestro da secretária de Saúde e esposa do prefeito de Candeias, encontrada em Guajará-Mirim, foi um. O caso está migrando de sequestro para outra coisa qualquer. A polícia tem mais dúvidas que certezas; o que não é o caso dos internautas, que dão suas opiniões nas postagens dos saites.

Gente que chega, nem fica muito e sai

'Arena Rondônia' informa: Sai Kisner, entra Ênedy!

‘Arena Rondônia’ informa: Sai Kisner, entra Ênedy!

A outra suposição – pois estou demorando a digerir – é o anúncio da substituição do coronel Nilton Kisner, no comando da PM, pelo coronel Ênedy Araújo. Sei que sendo coronel, tem incontestáveis habilidades gerenciais e administrativas, mas o que estou ouvindo é que a troca de comandantes da Polícia Militar está ocorrendo na mesma velocidade que as substituições de técnicos de futebol e isso não é bom para a tropa.

Olhando pelo viés político, o coronel Ênedy foi candidato a deputado estadual pelo PMDB e teve 1.170 votos. Unirá a PM em torno de algum projeto político dele ou de outrem? Acho difícil dizer agora. Caso o próprio Ênedy seja lançado como candidato, terá que ser substituído no comando e aí a roda gira…

Tags

Candeias do Jamari Coronel Ênedy Coronel Kisner Governo de Rondônia Guajará-Mirim PMDB PMRO 

Compartilhar

Comentários

  • Pedro Gomes Silva disse:

    Na reunião de ontem, na queda do CMT, tem um pacotão do governo para o aumento de contribuição e tempo de serviço de30 para as mulheres e 35 para homens dos militares, chega em fevereiro na assembléia legislativa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*