27 de fevereiro de 2022

Carnaval com Hassis – Tudo acaba em samba

Por José Carlos Sá

A obra “Carnaval”, de 01042000 é a que está exposta na vitrine da galeria e no cartaz da mostra (Reprodução)

Nunca fui fã de carnaval, minhas experiências com a festa momesca são poucas e podem ser contadas nos dedos de mão. Matinê de carnaval, ainda em Teófilo Otoni, levado por minha mãe; trabalhando nos diversos órgãos em que atuei: Rádio Guarani e TV Alterosa, em Belo Horizonte, TV Cultura Madeira-Mamoré e jornal Alto Madeira, em Porto Velho e assisti uns poucos desfiles de escolas de samba do Rio de Janeiro na extinta TV Manchete e na Globo, há muitos anos. Fora isso mais nada. Este ano, sem a festa (diz-que), fui à Exposição Hassis Carvaval, no Shopping Itaguaçu, aqui em São José, por acaso. Acompanhava a Marcela, vi a mostra e fui lá conferir.

Hassis

Cartaz anunciando a mostra de artes plásticas no Shopping Itaguaçu (Reprodução)

Os trabalhos expostos são desenhos feitos em anos variados, divididos em dois grupos: desenhos usando giz, carvão, caneta esferográfica e nanquim sobre papel,  óleo sobre tela, mostrando sambistas e a outra coleção tem como tema o amor do Pierrot pela Colombina que gostava do Arlequim, que não amava ninguém . Os trabalhos, mostrando apenas dois vértices do triângulo amoroso (a Colombina não aparece), são em acrílico sobre eucatex.

O artista plástico Hassis, nascido Hiedy Assis Corrêa, morreu aos 75 anos. Morador em Florianópolis desde os dois anos de idade, participou de todos os movimentos artísticos  e literários da cidade, a começar pelo Grupo Sul, nas décadas de 1940 e 1950. Depois fez parte do GAPF (Grupo de Artistas Plásticos de Florianópolis), participando da primeira exposição do coletivo. A criação de Hassis foi muito variada, destacando os motivos ilhéus, mostrando os costumes dos habitantes tradicionais de Florianópolis, como as festas populares, a pesca, a farra do boi e as brigas de galo. O trabalho dele é muito extenso, com temas e técnicas diferentes, é considerado um dos nomes de destaque nas artes plásticas brasileiras graças à sua produção desde a década de 1940 até o final dos anos 1990.

As obras expostas na Galeria Itaguaçu + Arte contemplam trabalhos de Hassis com inspiração no carnaval. Uma observação. O local não foi decorado com a temática mostrada nas obras do artista.

Vejam a seguir:

Carnaval – Hassis, com duas datas 1984 e “esboço Carnaval” 1985 (Foto JCarlos)

Carnaval – Hassis – 1958 (Foto JCarlos)

Cinco músicos da Banda de Carnaval – Hassis – 1959 (Foto JCarlos)

Quatro sambando – Hassis – 1958 (Foto JCarlos)

Carnaval – Hassis – 1958 (Foto JCarlos)

Carnaval – Hassis – 1958 (Foto JCarlos)

Triângulo amoroso sem um dos lados

Arlequim com um coração e uma faca nas mãos – Hassis – 1985  (Foto JCarlos)

Arlequim – Hassis – 1985 (Foto JCarlos)

Pierrot – Hassis – 1985 (Foto JCarlos)

Pierrot – Hassis – 1985 (Foto JCarlos)

Pierrot – Hassis – 1985 (Foto JCarlos)

Bônus

Verso do quadro que está na vitrine da Galeria Itaguaçu + (Foto JCarlos)

SERVIÇO
O quê: Exposição de artes plásticas Hassis Carnaval
Onde: Galeria Itaguaçu + Arte – Shopping Itaguaçu – São José – SC
Quando: Até dia 4 de março de 2022, no horário de funcionamento do shopping
Quanto: Grátis

Tags

Artes Plásticas Cranaval Florianópolis Hassis São José Shopping Itaguaçu 

Compartilhar

Comentários

  • Leo Ladeia disse:

    Viva a lembrança e a postagem da qual saquei um retalho precioso: “trio amoroso sem um deles” Ah… esse politicamente correto escondido desde sempre sob fantasias, saias, togas, batinas, dólmãs, edredons, camisolas e teimando para nosso prazer (ui!) em surgir por dentre nesgas e espartilhos.
    O discurso anárquico do Pastor Arnaldo é mais palatável: ” que há de mais com a família tradicional formada por pai, mãe e amante?”
    Por fim, como bom baiano, obrigado pelo bônus. Devo-lhe um acarajé na próxima visita.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*