13 de abril de 2021

O “trem” na música brasileira

Por José Carlos Sá

Quando concluí a leitura do livro “A Ferrovia no Vale do Itajaí – Estrada de Ferro Santa Catarina” falei para a Marcela que eu tinha de memória várias músicas que tinham o trem como personagem ou como tema principal.

“Você vai escrever sobre isso?”

Vou, respondi, mas só as da minha memória.

A lista saiu assim – arbitrariamente, comecei pela Madeira-Mamoré:

Madeira-Mamoré – Você precisa ver/para saber como é/que corre o trem na Madeira-Mamoré – Trio Mossoró

Trenzinho Caipira (IV. Tocata) – Heitor Villa Lobos – https://youtu.be/wIG4h7lvj4Y

Trem das Onze – Se eu perder esse ter/que sai agora às onze horas/só amanhã de manhã – Adoniram Barbosa

Trenzinho (Ilustra Milton Nascimento)

Ponta de Areia – Maria-fumaça/não canta mais/para a moça, as flores/janelas e quintais – Milton Nascimento/Fernando Brant

Roupa Nova – Todos os dias/toda manhã/sorriso aberto e roupa nova/Pinduca vai esperar o trem – Milton Nascimento/Fernando Brant

Encontros e despedidas – Todos os dias é um vai e vem/a vida se repete na estação/tem gente que chega pra ficar/tem gente que vai pra nunca mais – Milton Nascimento/Fernando Brant

Maria-Fumaça – Essa Maria-fumaça é devagar quase parada/ô seu foguista, bota fogo na fogueira/que essa chaleira tem que tá até sexta feira/na estação de Pedro Osório, sim senhor – Kleiton e Kledir

O trem das sete – Ói, ói o trem, vem surgindo de trás das montanhas azuis, olha o trem/ó, ói o trem, vem trazendo de longe as cinzas do velho éon – Raul Seixas

A felicidade bate à sua porta – O trem da alegria saiu agora/partiu nesse instante/da Rádio Nacional à gare principal da central – Gonzaguinha

Expresso 2222 – Começou a circular o Expresso 2222/da Central do Brasil/que parte direto de Bonsucesso/pra depois do ano 2000 – Gilberto Gil

Naquela Estação – Você entrou no trem/e eu na estação/vendo um céu fugir/também não dava mais/para tentar/lhe convencer/a não partir… – Ronaldo Bastos / João Donato / Caetano Veloso

Os verdes campos da minha terra – Se algum dia à minha terra eu voltar/quero encontrar as mesmas coisas que deixei/quando o trem parar na estação/eu sentirei no coração/a alegria de chegar – Curly Putman

Gente humilde – Igual a como quando eu passo no subúrbio/eu muito bem, vindo de trem de algum lugar/e aí me dá uma inveja dessa gente/que vai em frente sem nem ter com quem contar – Chico Buarque / Garoto /Vinícius de Moraes.

Pedro Pedreiro – Pedro pedreiro penseiro esperando o trem / manhã, parece, carece de esperar também / para o bem de quem tem bem / de quem não tem vintém – Chico Buarque

E a indefectível – Trem-bala – Que a vida é trem-bala, parceiro / e a gente é só passageiro prestes a partir – Ana Vilela