10 de abril de 2021

Visita real

Por José Carlos Sá

Recepção ao prínicpe Philip (centro), na Base Aérea de Florianópolis, em 1962 (Foto Fábio Veiga/Neovox Reprodução)

O colunista Moacir Pereira, do veículos ND (site e impresso) comenta sobre a única visita do príncipe Philip à capital de Santa Catarina em 1962, quando se dirigia às ilhas Malvinas e teve que fazer um pouso técnico na Base Aérea de Florianópolis para reabastecimento.

Sua alteza foi recebido pelo governador Celso Ramos, pelo comandante da Base Aérea, pelo comandante da Marinha e por várias autoridades estaduais, entre elas o diretor do SESI, Renato Ramos da Silva. Foi oferecido um coquetel ao príncipe,  feito com gim nacional, mas fabricado com licença inglesa. Philip não gostou e teria comentado, segundo a Folha S.Paulo (10/04): “Não vejo a hora de ser cassada essa autorização”. Tentando amenizar o clima, o professor Renato Ramos ofereceu uma cesta de frutas tropicais.

Conta Moacir: “‘Brazilian fuits’, anunciou Renatinho, tirando uma carambola da cesta. ‘Very Good!’, insistiu Renato. Diante da estranha fruta, o príncipe respondeu: Coma você!”

A visita teve a duração de duas horas e a mim pareceu que o nobre visitante não estava para conversa… O Príncipe Philip, Duque de Edimburgo, faleceu dia 09/04, aos 99 anos de causas ainda não informadas.