04 de setembro de 2020

O carro do sonho (Ou o fusca abençoado)

Por José Carlos Sá

As freiras estão rifando um fusca. Será que ganho? (Foto Divulgação Lar das Meninas)

As freiras do Centro de Educação Infantil Lar das Meninas, da cidade de Tubarão – SC, estão rifando um fusca 1981 com o seguinte apelo de marketing: “Dizem que carro de mulher é bem cuidado. Imagine só se for de freira”. Comprei a rifa para ajudar a obra, mas renasceu minha esperança de ficar com o “fusca abençoado”.

Aprendi a dirigir depois dos 30 anos, já em Porto Velho. As aulas eram no fusquinha da autoescola. Apaixonei-me pelo carro e coloquei na cabeça que queria um.

Quando saí do Ceag-RO (atual Sebrae), eles não tinham dinheiro para pagar meu FGTS. O saudoso Paulo Correia se ofereceu para conseguir a liberação da grana, com a condição de emprestar para ele, que investiria no Garimpo do Bom Futuro. Combinei que quando fosse pagar, podia ser com um fusquinha.

Uma tarde Paulinho ligou de Ariquemes dizendo que uma pessoa levaria o carro para mim. Informei o endereço, mas quando o carro chegou não tinha ninguém em casa e o portador voltou com o veículo. Fiquei chateado ao chegar à noite e não ver o “meu” carro. A decepção só passou no dia seguinte quando soube que o fusquinha havido fundido o motor quando retornava para Ariquemes.

Tags

Ceag-RO Fusca Garimpo de Bom Futuro Paulo Correia Sebrae 

Compartilhar

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*