09 de agosto de 2020

Os súditos cercam o soberano

Por José Carlos Sá

Corte de Carlos Magno o isola do povo (Autor desconhecido)

Ontem, acompanhando a apuração para uma matéria sobre o Hotel Termal Caldas da Imperatriz, o entrevistado disse que desde o começo da administração de Carlos Moisés da Silva, como governador de Santa Catarina, o prefeito da cidade de Santo Amaro da Imperatriz, aqui na Grande Florianópolis, nunca conseguiu uma audiência com o governador, que está no poder há um ano e oito meses…

Isso me fez lembrar um episódio que tive participação em Porto Velho. Trabalhava no Alto Madeira e estava terminando de redigir uma matéria, quando o saudoso seu Euro Tourinho entrou na redação e me chamou. Na sala dele estava o empresário Ecir Rezende, da gráfica Genese Top. Era para eu entrevistá-lo.

A matéria teve destaque na capa do jornal e a repercussão foi grande. Em resumo, Ecir dizia que não conseguia uma audiência com o então governador Osvaldo Piana e falou mais ou menos assim: “Os súditos cercam o soberano para que ele não saiba as notícias más, só aquelas que o alegrem!”.

Em outro episódio eu recebi a ordem de “equilibrar” o clipping que eu fazia para o governador, pois tirava o bom humor dele. Eram só críticas que saiam nos jornais. Depois eu conto.

Soube depois que a empresa Genese Top foi auditada com o máximo rigor, praticamente uma devassa, pela Secretaria da Fazenda e entrou em declínio.

Tags

Alto Madeira Ecir Rezende Euro Torinho Genee Top Governador Osvaldo Piana 

Compartilhar

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*