24 de julho de 2020

Aduladores

Por José Carlos Sá

João Bayer Filho Foto SEF – Secretaria de Estado da Fazenda)

O jornalista e apresentador do Grupo ND, Cacau Menezes, contou hoje em sua coluna um causo que gostei muito e compartilho com vocês:

“Os áulicos e o poder – Seu nome era João Bayer Filho, também conhecido como Joca ou Doutor Bayer. Foi um bom advogado, secretário da Fazenda estadual no governo de Irineu Bornhausen, fundador e primeiro presidente do Tribunal de Contas do Estado. Era amante da natureza, especialmente dos cavalos, dos pássaros e das mulheres. Não necessariamente nesta ordem. Fumava cigarros com extremo prazer enquanto observava os movimentos do mundo natural. Quando andava por Tijucas*, nas manhãs ensolaradas de outono, invariavelmente estava cercado por amigos, admiradores e alguns bajuladores. Certa manhã, ao parar debaixo de uma oliveira, observou o canto de um pássaro raro. Um dos circunstantes, jovem e atento observador da postura do velho Joca, perguntou-lhe: “Doutor Bayer, que pássaro que canta com tanta alegria?” E ele respondeu: “Ignoro meu filho”. Foi então que o mais moço disse: “Que ‘ignorinho’ mais lindo, não é, Doutor Bayer?”

* Tijucas é um município de Santa Catarina, distante 55 quilômetros de Florianópolis.

Tags

Compartilhar

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*