17 de outubro de 2016

Chegamos a Puerto Maldonado

Por José Carlos Sá

Após cumprirmos os procedimentos legais, entramos no Peru. Não tem muita burocracia. É preencher formulários na Polícia Federal brasileira e na ‘Migracion’ peruana – uma de cada vez -, apresentando a carteira de identidade ou passaporte e pronto. No nosso caso, fomos pedir autorização para entrada do carro. Tivemos azar de termos chegados segundos após a parada de um ônibus. Esperamos a revista da bagagem de todos os passageiros e o retorno do funcionário que faria o documento que precisávamos. Enquanto isso a Mar fez a conversão de Reais para Soles.

Seguimos viagem até Puerto Maldonado, onde pernoitamos. No dia seguinte fomos para Cusco, quando começou mesmo a parte turística da coisa.

dsc09489

Aviso sutil para os pedestres atravessarem na faixa. A casinha com a cruz marca o local onde alguém morreu atropelado

 

marinha-pto-maldonado-10

Em primeiro plano a praza Miguel Grau, em frente ao quartel da Marinha peruana; ao fundo a ponte sobre o rio Madre de Dios

mirante-turistico-2

‘Mirador’ turístico no centro da cidade

mirante-turistico-1

Detalhe da base da torre de observação, com representação do trabalho dos pioneiros de Puerto Maldonado

 

Primeira parada: Rio Branco

Viagem ao Peru

Tags

Peru Puerto Maldonado viagem 

Compartilhar

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*