21 de setembro de 2016

Feliz cidade

Por José Carlos Sá

O título “Feliz Cidade” tem duas explicações: A Municipalidad de Cuzco adotou o eslogam “Ciudad de todos”, que lembrei do mesmo lema adotado pela administração Roberto Sobrinho para Porto Velho; e “feliz cidade” (outro eslogam petista para a cidade do velho Pimentel) porque aqui as motocicletas, triciclos e assemelhados não são são permitidas nas ruas da cidade. Não vi nem bicicletas, talvez pela altitude e pela topografia da cidade.

Perguntei um taxista sobre a ausência de motocicletas – só a polícia é quem usa.

– Aqui não há motocicletas? (diálogo traduzido para eu não passar vergonha)

– Não. As motos são proibidas.

– Por que?

– Não daria certo, as ruas são estreitas, há muitos carros, provocaria muito acidentes.

– Que legal! A minha cidade tem ruas largas, muitos carros, milhares de motos e centenas de acidentes todos os dias. Parabéns aos cusquenhos.

Acidente em Porto Velho (Foto Secom)

Acidente em Porto Velho (Foto Secom)

Tags

Cusco Motocicletas Peru 

Compartilhar

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*