02 de outubro de 2015

Porto Velho além da cidade

Por José Carlos Sá

Não posso deixar de fazer o registro desta data de mais um aniversário do município de Porto Velho, e não caio na velha armadilha do “não há nada a comemorar”. O município é rico, tem terras férteis e um futuro promissor.

Aí alguém me pergunta: “Mas e essa miséria toda, com pessoas vivendo nas ruas, déficit habitacional, tudo abandonado?” Eu respondo com outra pergunta, com que o professor Francisco Matias gosta de provocar: “Mas de qual Porto Velho estamos falando?” Quem vê coisas ruins, com certeza está falando da cidade de Porto Velho. E quem fala assim, não deve ter saído dos limites urbanos.

O Município de Porto Velho não é só a cidade

O Município de Porto Velho não é só a cidade

Para se ter outra visão dessa Porto Velho a que me refiro, é preciso ir pela BR-364 no sentido Rio Branco ou Cuiabá; pegar um barco e descer o rio Madeira; entrar em uma estrada vicinal. Em qualquer uma destas opções, é preciso ficar de olhos atentos para as paisagens. Você vai ver muitas propriedades (grandes e pequenas) produzindo de tudo.  E o melhor, a maioria destas iniciativas contam muito pouco com ajuda oficial e é por isso que prosperam. Quando a máquina estatal deixa, os produtores trabalham e ganham dinheiro e todos somos beneficiados.

Parabéns, Porto Velho! Por que não?

Tags

Desenvolvimento Município Porto Velho 

Compartilhar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*