21 de maio de 2015

PRIVATIZAÇÃO DA ‘HIDROVIA’ DO MADEIRA

Por José Carlos Sá

O assunto privatização da Hidrovia do Madeira – via que na prática não existe – tomou corpo e saiu dos gabinetes da Antaq (Agência Nacional de Transportes Aquaviários) e navegou as águas barrentas do Madeira e as mescladas do rio Amazonas, já que o assunto foi discutido em audiência pública lá na Assembleia Legislativa amazonense, na terça-feira, chamando a atenção da Imprensa tupiniquim.

O assunto tratado pela Antaq tem outra aparência para as ONGs

O assunto tratado pela Antaq tem outra aparência para as ONGs (Ilustras Antaq // Militância Verde)

Vale lembrar que o assunto foi comentado neste brog há um mês, mais ou menos. Na mesma semana o amigo Léo Ladeira levou ao “Tempo Real” o presidente do Sindicato Nacional das Empresas de Navegação, Raimundo Holanda, para falar de privatização da hidrovia. Para nós o assunto morreu aí, mas para os amazonenses, mato-grossenses, peruanos, paraenses, que usam o rio Madeira para a importação e/ou exportação de produtos, o tema esquentou.

De qualquer forma, o caminho é privatizar, já que o governo brasileiro declarou à praça que está quebrado.

Tags

Amazonas Antaq Hidrovia do Madeira Imprensa tupiniquim Léo Ladeia Tempo Real 

Compartilhar

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*