23 de fevereiro de 2015

DEU NO JORNAL

Por José Carlos Sá

De São Francisco do Guaporé:

O pai do bebê é conhecido como “Frangão”; a mãe, “Lebrinha”; e o avô, “Lebrão”!

De Cobija, Departamento de Pando – Bolívia:

Nesse caso, é custe o que custar… (Obrigado Ricardo Ferreira)
Do boletim do Decom:
E esse gatinho? Esperando um peixe pular nele? (Foto Ésio Mendes/Decom)

Deu no G1-RO:
A parte que eu gostei: “(…) Anemias conta que após entrar na mata teve um lapso de memória e só percebeu que estava perdido após três dias. (…)”. Não consigo imaginar em que ele pensava até descobrir que estava perdido…