22 de fevereiro de 2015

PLANTANDO ÁGUAS

Por José Carlos Sá

Gostei da ideia do governador Confúcio, externada hoje nas “Domingueiras“, no blog dele. Depois de falar da meta de desmatamento zero, dos problemas globais com o clima, cita o rio Jaru, como exemplo de um manancial que, se nada for feito, desaparecerá em breve.

Plantar águas, segundo o governador, é recompor as matas ciliares nas margens dos rios e igarapés, impedir o desmatamento em áreas de preservação, assim como deter a ocupação ilegal dessas áreas e conclui: “Plantar águas para colher o rio Jaru recuperado e lindo. Não só o rio Jaru, são todos [lindos?]. O Programa Plantando Águas deve ser em todos os rios e igarapés de Rondônia.” (Ilustra ArbolPlantado)