02 de novembro de 2014

PAUTAS ALÉM DA OBVIEDADE

Por José Carlos Sá

Não é pedir demais que os coleguinhas produtores, pauteiros e repórteres de tv, internet e impressos, ousem nas pautas manjadas de todo ano. A cobertura da véspera do Dia de Finados deste ano foi restrita à limpeza de cemitérios e aos preços e tipos de flores. E só. Uma matéria sobre o aumento no preço das velas, foi a única que destoou desta mesmice.

Gostaria que estes profissionais, junto com os editores, se colocassem no lugar do leitor/internauta/telespectador e dissessem o que acharam, que contribuição aquela matéria deu para a comunidade.

Não vi sobre horários e trajetos de ônibus, onde vai haver celebrações religiosas, sobre as histórias do cemitérios de Porto Velho e distritos (nunca vi matéria sobre o cemitério existente no 5ª BEC, nem sobre o cemitério velho do Candeias, onde, dizem, foi construída uma creche no mesmo terreno, sobre as sepulturas…).

Sou viciado em jornalismo local mas, invariavelmente, fico frustrado com o que deixo de ver e dou cada vez mais razão à Mar que não entende a minha renitência.

(Daqui a pouco começam as baboseiras de natal, sempre melosas…)

Tags

Candeias do Jamari Cemitério Dia de Finados Imprensa caripuna Pauta 

Compartilhar

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*