17 de outubro de 2014

(MAIS UM) GOLPE DO PMDB

Por José Carlos Sá

Durante toda esta semana acompanhei as articulações do deputado Eduardo Cunha (RJ), líder da Bancada do PMDB na Câmara de Deputados e que está se candidatando a ser o próximo presidente da Casa.
Usando uma das armas mais habituais do partido, Cunha acena com a possível adesão dele e do grupo que o cerca à campanha do tucano Aécio Neves. Lembrando que o presidente licenciado do PMDB, Michel Temer, é candidato a vice na chapa que tenta a reeleição com Dilma Rousseff na cabeça.