14 de janeiro de 2013

PARA PENSAR

Por José Carlos Sá

O escritor e economista Silvio Persivo publicou artigo neste final de semana no Gente de Opinião e Alto Madeira, levantando a questão da falta de identidade cultural de Porto Velho. A perda da “alma”. Silvio aponta para a histórica globalização beradeira, que recebeu e continua recebendo ‘estrangeiros’ de fora e de dentro do país, a manutenção deste “não pertencimento”, como dizem por aí.
Muitos tomam apego pela terra, outros contam os segundos para voltar às suas origens. Não tenho uma opinião formada a respeito, mas penso que a televisão, em primeiro lugar, e depois a internet separam mais que unem as pessoas. (Fotos saite do IBGE)

Tags

Beradero Globalização identidade cultural Internet Porto Velho Sílvio Persivo televisão 

Compartilhar

Comentários

  • marrocos46 disse:

    Zé, sei não. A mim parece que os 'mais velhos' vem se sentindo assim. Atualmente sai mais gente que entra em Rondônia, diz o IBGE. E a garotada nova, nascida aqui, é que vem assumindo essa identidade, própria. Quem sabe, os antigos é que estão meio fora. Abraço.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*