10 de janeiro de 2013

CONSTATAÇÃO

Por José Carlos Sá

Alguns setores do serviço público realizam atividades que são cíclicas. Se repetem de tempos em tempos. O TRE, por exemplo. A cada dois anos acontece uma eleição no país e o roteiro, feito com antecedência, funciona como um relógio suiço. Todos os envolvidos sabem o que devem fazer – do presidente ao mesário voluntário.
Também todos os anos a rede pública de ensino tem as suas atribuições cíclicas, de renovar matrículas, expedir declarações de vagas,  expedir transferências e outras rotinas. Nas entrevistas, os técnicos das secretarias de Educação dizem que está tudo pronto, mas quando você chega na escola, a resposta é diferente: “Ahn? Olha, não sei não, ó… Volta outra hora…”
E assim vamos nós

Tags

Burocracia Rede pública de ensino TRE 

Compartilhar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*