09 de abril de 2012

ESTIGMA

Por José Carlos Sá

Conversava com o seu Giovani, proprietário da Pousada Ecológica “Rancho Grande“, onde passamos o feriadão. Entre outros assuntos ele conta que só tomou um “cano” de hóspede.
– Veio um cara aqui, fez amizade com todo mundo e queria pagar a conta dos outros hóspedes. Ninguém aceitou e ele pagou só a própria conta. Deu um cheque sem fundos. O “Ceará” foi atrás dele, que trabalhava ‘nasuzina’, e descobriu que o cara deu mais de 100 mil de prejuízo na praça.
Eu mereço.

Tags

Asuzina Rancho Grande 

Compartilhar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*