17 de maio de 2011

HEIN?

Por José Carlos Sá

O deputado Carlos Magno (PP-RO) foi uma das vítimas do CQC na edição de ontem. Não soube responder quem era o presidente da Venezuela. Ainda foi flagrado tentando “colar” no Google pelo telefone.
Outro que pagou o mico foi o falecido deputado Eduardo Valverde, que assinou a lista de “apoiamento” para inclusão de uma garrafa de cachaça na cesta básica do brasileiro.

Tags

Carlos Magno CQC Eduardo Valverde 

Compartilhar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*