20 de novembro de 2010

REVOLTA DA CHIBATA, O NAVIO SATÉLITE E NÓS

Por José Carlos Sá

Mais um centenário* e, mais uma vez, relacionado à região onde é hoje o Estado de Rondônia. Dia 28 é a vez da Revolta da Chibata fazer 100 anos de acontecida. Foi o Lúcio Albuquerque quem me contou a triste história do Navio Satélite e o destino daqueles que sobreviveram à viagem desde o Rio de Janeiro até as barrancas da cachoeira de Santo Antônio, no Alto Rio Madeira. Depois li o livro “Da Chibata ao Inferno”, do professor Amizael Silva e fui procurando e pesquisando mais sobre o assunto.

Assisti hoje a uma matéria do RJ TV em que apenas o marinheiro João Cândido é ressaltado. Ele foi o líder da revolta, sem dúvida, mas os desdobramentos do motim ficaram escondidos nas dobras da Histórian e nas fímbrias (eita!) da floresta amazônica.
Haverá alguma manifestação por parte dos nossos Acadêmicos, Lúcio?
(Ilustração do livro em HQ “Chibata! João Cândido e a Revolta que abalou o Brasil – Olinto Gadelha Neto (roteiro) e Hemerterio (arte))
*Centenário da chegada de Rondon a estas plagas e da vinda de Oswaldo Cruz e Belisário Penna.

Tags

Navio Satélite Revolta da Chibata Santo antônio 

Compartilhar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*