26 de junho de 2010

PÉ NA COVA

Por José Carlos Sá

De passagem por Ariquemes, ouvimos na Rádio Clube Cidade o programa “Chuchu Beleza” em que os atores imitavam estas chatíssimas pseudo-entrevistas feitas com gerentes de lojas que anunciam nas emissoras de rádio e tvs. No programa anunciavam as facilidades que a “Funerária Pé na cova” oferecia a seus futuros clientes, com promoções nas compras de caixão de defunto.
Nuna das partes mais hilárias, o ‘repórter’ descreve um caixão feito em madeira de lei, alças em latão, alcochoado, etc., etc. e perguntava:
– Qual o preço deste caixão?
– Dois mil reiais.
– Mas para o nosso cliente, fica por…
– Aí na base de mil e quinhentos reais…
– Está de graça! Não perca esta oportunidade. Você que está aí com gripe, olhe que pode dar uma ziquizira e você bate as botas. Venha logo. Com uma oferta destas dá até vontade de morrer, não é?
– Não sei, acho que não.
– É, peguei pesado desta vez…

Tags

Leseiras Publicidade 

Compartilhar

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*