05 de junho de 2010

TIRO PELA CULATRA

Por José Carlos Sá

Leio no Gente de Opinião que um diplomata, na verdade um cônsul honorário, terá que devolver acervo documental sobre a Estrada de Ferro Madeira-Mamoré por determinação do Iphan. O irônico é que o norte-americano veio a Porto Velho participar de um evento promovido pela Associação dos Amigos da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, os auto-proclamados fiscais da preservação dos bens da centenária ferrovia.

Tags

Amigos da Madeira-Mamoré EFMM Iphan 

Compartilhar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*