12 de fevereiro de 2010

“NADA A DECLARAR”

Por José Carlos Sá

A Imprensa tupiniquim noticia a morte do ex-ministro da Justiça Armando Falcão, que ficou célebre pela frase “Nada a declarar”,  que sempre dizia aos jornalistas.
Uma outra lembrança destacada foi a famosa “Lei Falcão”, que proibiu o acesso de candidatos à rádio e à tv nas campanhas eleitorais de 1976 a 85. Eu, particularmente, não via nada de mais nisso, além do tédio que era olhar fotos 3×4 e ouvir uma enfadonha leitura de currículos sem conteúdo.
(Havia escrito “sem comentários”, fui traído pela memória, que o “alemão” está atacando)

Tags

Lei Falcão 

Compartilhar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*