25 de novembro de 2009

DO PASSADO

Por José Carlos Sá

Hoje eu zapeava pelos canais abertos na “hora de meio-dia”, esperando o horário para voltar ao trabalho. Na repetidora da Band passava um programa evangélico em que dois pastores batizavam fiéis em uma pequena piscina.
Lembrei-me do meu querido tio-avô João Baptista (olha o nome), que já maduro foi arrebatado para a Igreja Testemunhas de Jeová – ele havia sido católico, caçou cangaceiros numa “volante” da PM mineira, foi Integralista e tinha uma arma chamada “Parabellum”, que eu, sempre que podia, ia espiar.
Pois bem, no dia do batizado do Zizinho, ele vestiu o terno e rumou para o templo, sob o protesto em coro das irmãs, todas três Católicas Apostólicas Romanas. Ele foi batizado e já voltou para casa passando mal. Pegou uma pneumonia, que quase o leva a Jeová em pessoa.

Tags

Evangélicos 

Compartilhar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*