25 de setembro de 2009

TROUXA

Por José Carlos Sá

Ontem caí no conto do jabá de novo. Fiquei prestando atenção a uma matéria sobre profissionalização, assunto que me interessa por ter trabalhado no Senai e por entender que esse é o caminho para os jovens. Mas lá pelas tantas entendi que a matéria era um preâmbulo para que uma escola profissionalizante desse o seu recado.
Da vez anterior, foi sobre lotação de hotéis. Pensei que era para dizer que a culpa era dasuzina, mas não, era sobre o lançamento de um novo hotel da cidade.
Acho isso falta de respeito. Quando você assiste ao Câmera 11, ao Shoptour, Fala Rondônia, Comando Policial, Plantão de Polícia e a outros programas, você sabe o formato deles de merchandising expresso, agora quando você sintoniza um telejornal e pára para acompanhar a notícia e vê que é jabaculê, aí, meu amigo, é flórida.

Tags

Dasuzina Imprensa caripuna Jabá 

Compartilhar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*