16 de fevereiro de 2009

ECOS DO ‘BERADÃO’ – 4

Por José Carlos Sá

Após as reuniões era servido um lanche, já que havia ribeirinhos que se deslocaram de outras localidades em canoas ou rabetas. A dona Maria, responsável por coordenar esta parte do evento, reproduziu o seguinte diálogo com uma adolescente:
– Temos refresco de cupuaçu, de graviola e refrigerante.
– Qual o refrigerante?
– Dydyo.
– Então quero Dydyo.

Na foto, um carregamento de Dydyo chegando a São Carlos do Jamari (Foto JCarlos)

Tags

Compartilhar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*