17 de janeiro de 2009

PESAR

Por José Carlos Sá

Lamento, profundamente, o falecimento do capitão Esron Penha de Menezes, ocorrida na madrugada de hoje. Testemunha visual e ator de quase tudo que aconteceu em Porto Velho nos últimos 80 anos. Tive o privilégio de entrevistá-lo, a convite do jornalista Lúcio Albuquerque, quando fazíamos uma série de matérias para o Alto Madeira. Sempre lúcido, seu Esron não tinha paciência com quem queria alterar a história da cidade a seu bel prazer. O corpo será velado na Loja Maçônica “União e Perseverança”.
Atualizando: Ué!? Escreveram o necrológico do seu Esron no presente do indicativo. Estranho.
Atualizando 2: Sugestão de leitura, a coluna do Lúcio Albuquerque. Muito bom.

Tags

Compartilhar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*