06 de outubro de 2008

DIÁLOGO INSÓLITO

Por José Carlos Sá

– A maçã que levei para comer no trabalho estava deliciosa… Docinha. Tem umas que têm gosto de alma…
– Como é gosto de alma, mãe?
– Sem gosto de nada.
– E alma não tem gosto?
– Imagino que não…

Tags

Compartilhar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*