16 de setembro de 2008

NUM DIA UMA COISA, NO OUTRO OUTRA

Por José Carlos Sá

Faltou merenda ontem na “escola padrão” e hoje é dia de greve. Estão ‘perdendo’ a reeleição do Roberto.

Tags

Compartilhar

Comentários

  • Anônimo disse:

    Não são os educadores que deixam a desejar. É o sistema.
    Valter

  • Anônimo disse:

    Eleição de diretor de escola e de conselho tutelar é uma fraude.

  • Ok, mas estarão na porta do Sintero todos os professores das redes federal, estadual e municipal? Ou comparecerão apenas os mesmos? A manifestação estava marcada para as 9 horas e vocês estão na internet lendo o blog…

  • Anônimo disse:

    Caro jornalista respeito sua opinião, mas os diretores das escolas municipais são escolhidos pela comunidade escolar, é a gestão democrática, os diretores das escolas estaduais são indicados de acordo com os interesses do governador. De qualquer maneira só que vivencia o dia a dia de uma escola sabe é o que é a educação e suas dificuldades.Alguns diretores realmente não são bons gestores, mas lidar com as empresas também não é fácil. Por exemplo, uma licitação feita no início do ano para compra de merenda deveria valer para o ano todo, ou seja, a empresa seria contratada para fornecer a merenda anual, mas não é assim, isso é excesso de burocracia, e atrapalha muito. . Os problemas enfrentados pelos diretores, superisores, orientadores e professores são inúmeros. Acredite, não é nada fácil. Sou mãe de aluno de uma escola municipal, faço parte da APP e sei o quanto sofrem os educadores.
    Marta

  • Anônimo disse:

    Zé a mobilização de hoje é a nível Nacional, visa não só a obediência ao piso salarial nacional, mas também uma busca pela educação de qualidade, o que tem sido uma luta constante, sem luta nada se consegue.
    Rodrigo

  • Sei disso, professor. Também sei que nem todo diretor tem “queda” para gestão. Aqui nesse brog comentei sobre o mato que cobria esta mesma escola. Quanto à paralisação, vamos combinar companheiro.

  • Anônimo disse:

    Caro Zé o dinheiro da merenda vai para as escolas, é feita uma licitação e às vezes a empresa ganhadora atrasa a entrega. Hoje a paralização é NACIONAL, não ápenas em Porto Velho.
    João Cunha

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*