10 de fevereiro de 2021

Mecânico das horas

Por José Carlos Sá

Dos despertadores, só sobravam os cacos (Foto Custo Justo)

Meu novo celular chegou em casa marcando uma hora adiante do horário de Brasília, que é a nossa referência. Tentando resolver o problema, fui às configurações e fiz a correção da hora, quando voltava para a tela inicial, o celular adiantava uma hora. Repeti a operação umas cinco vezes e estava para desistir quando vi que o miserávi estava se baseando no horário de verão, banido há dois anos do território nacional. Ao desativar o comando “horário de verão”, resolvi o meu contratempo (sem trocadilho).

Na casa dos meus pais, sempre convivemos com despertadores – a maioria barulhentos -, mas não sei para que serviam, já que pai se levantava muito antes de soar o alarme. Naquele tempo, os equipamentos funcionavam por muitos anos, só saiam de combate se tomassem uma queda ou, acidentalmente, fossem molhados. Quando isso acontecia, quem recebia os despojos, digo, o despertador quebrado, o relógio do barulho, era o meu irmão Paulo Roberto, que ainda hoje atende pelo codinome “Paíto”.

Com os olhinhos brilhando, o menino passava na caixa de ferramentas do pai, escolhia chaves de fendas de vários tamanhos e procurava um canto tranquilo da casa para começar sua atividade predileta: desmontar paciente e metodicamente o relógio-despertador.

As dezenas (centenas?) de pequenas peças espalhadas no chão lançavam um desafio para Paíto: montar novamente o despertador e fazê-lo voltar a funcionar. Sei que, externamente, o relógio estava bonito, com a carcaça, vidro, ponteiros de horas, minutos e hora de despertar. Na parte de trás, os dispositivos de dar corda, acertar a hora e programar o despertador.

Se a ‘vítima’ voltou a funcionar normalmente, ninguém nunca pode comprovar. O que posso afirmar é que se encontravam peças de relógio pela casa, muito tempo depois da “manutenção corretiva”…

Tags

Hora de Brasília Horário de verão José Carlos de Sá Paito Paulo Roberto de Sá 

Compartilhar

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*