16 de dezembro de 2008

HORROR TOUR

Por José Carlos Sá

O juiz eleitoral Raduan Miguel Filho, no discurso de posse dos eleitos, fez um discurso com dois pontos a destacar: 1 – lembrou aos eleitos que os cargos pertencem ao povo e qualquer deslize eles podem vir a ser convidados a tirar o time de campo; 2 – sugeriu para que conheçam o “underground” de Porto Velho. O “Horror Tour” sugerido passa por visitas surpresa às escolas públicas, com direito a sentar-se nas carteiras em salas sem ventilação, beber água em pia entupida e enfrentar fila para usar o único banheiro na hora da merenda; procurar um posto de saúde às 4 da manhã, ou levar um filho ao mesmo posto às 11 horas, para ser consultado e conseguir que o seja; ver as condições de trabalho dos profissionais desses postos; deixar o carro em casa e usar o transporte coletivo; chegar em casa, não no centro , mas na periferia, às 19, 20 horas, em noite chuvosa ou sem chuva e “sentir a segurança de caminhar sem saber o que lhe espera”. Ouçam senhores eleitos, este é o “Bom Conselho”. De verdade.

Tags

Compartilhar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*