26 de novembro de 2008

O VENCEDOR É…

Por José Carlos Sá

A estatal Furnas, saindo de um período de ostracismo voluntário, é a grande vencedora do leilão das linhas de transmissão e anexos, realizado hoje. Furnas, que compõe o Consórcio Madeira Transmissão, junto com a Chesf, ganhou dois dos três lotes que disputou. No mais importante, o Lote D, ficou com a construção e operação de 2.375 km, ligando Porto Velho (RO) a Araraquara (SP), que é o maior linhão do mundo em corrente contínua. O prazo de conclusão da obra é de 36 meses e o linhão vai cortar cinco Estados: RO, MT, GO, MG e SP. O outro lote ganho pelo consórcio foi a construção de duas subestações, uma em Rondônia e outra em São Paulo, com previsão de entrada em operação em 50 meses a partir da assinatura do contratato.
(Com a colaboração do jornalista Luiz Fajardo, aquem agradeço a deferência)

Tags

Compartilhar

Comentários

  • Anônimo disse:

    O ostracismo não foi voluntário. Foi imposto lá por cima. Numa sala do quarto andar de um dos palácios da Praça dos Três Poderes, do lado esquerdo de quem olha a partir da rodoviária de Brasília.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*