19 de novembro de 2008

DANDO O QUE NÃO É DELES

Por José Carlos Sá

O sindicato dos motoristas e cobradores do transporte coletivo de Manaus encontrou um jeito novo de pressionar os patrões: ameaçam com um dia de “catraca livre”, ou seja, transportar os passageiros sem cobrar a tarifa. O motivo é forçar os empresários a pagar a parcela do 13° dia 30, como determina a lei. Só para esclarecer: Se os empresários não faturarem, como vão pagar os empregados?

Tags

Compartilhar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*