Onde se comenta o que foi e o que não foi notícia

24 de julho de 2006

QUIZ

Por José Carlos Sá

Você sabia que há mais impostos embutidos no preço da água mineral do que nos preços da cerveja e do uísque? É por isso que adoto o grito de guerra de uma pessoa que conheci em Brasília: “Vâmo bebê, vâmo bebê, vâmo bebê!!!”

24 de julho de 2006

LIXO

Por José Carlos Sá

Em determinados setores da cidade, para saber se o caminhão da coleta de lixo já passou é só olhar para a rua. Se tiver um rastro de sujeira é por que já passou por ali.

24 de julho de 2006

GUERRILHA

Por José Carlos Sá

Já ouvi boatos sobre um grupo de guerrilha instalado em acampamentos de “sem-terras” no interior do Estado. Neste final de semana soube de fatos que comprovam os boatos. Numa determina localidade, na região de Ariquemes, homens encapuzados e armados com metralhadoras e espingardas calibre .12, de repetição, botaram para correr agentes (para não dar nomes […]

21 de julho de 2006

PESAR

Por José Carlos Sá

Registro, com pesar, o falecimento, em Manaus, do amigo Raimar da Silva Aguiar, vice presidente da Federação das Indústrias do Amazonas e presidente do Sindicato das Indústrias de Madeiras do Amazonas. Internado desde o dia12, Raimar morreu de parada cardíaca na manhã de terça-feira. Uma de suas bandeiras era desmascarar os falsos ambientalistas.

21 de julho de 2006

SEGURANÇA?

Por José Carlos Sá

O traficante Fernandinho Beira-Mar negociou, de dentro da cadeia, a compra de 230 quilos de cocaína, seis quilos de haxixe e 30 quilos de crack. Só a cocaína renderia US$ 3 milhões. Ele estava recolhido na sede da Polícia Federal em Brasília.

21 de julho de 2006

PIRATA

Por José Carlos Sá

Encontro, na periferia de Porto Velho, uma loja chamada: “Baxinho Emportados”. Por dúvida das vias, é bom verificar a origem dos produtos desta “emportadora”…

21 de julho de 2006

CAMELÔS

Por José Carlos Sá

Um desentendimento entre as diversas associações de camelôs (ou melhor, micro e pequenos empreendedores informais) e a Prefeitura de Porto Velho promete. É que a prefeitura retirou os camelôs da praça Jonathas Pedrosa e os instalou na praça dos Engraxates. O pessoal foi treinado e recebeu uma barraquinha padronizada. Porém (aí, porém) as barracas melhor […]

21 de julho de 2006

GLOBO

Por José Carlos Sá

Foi só a senadora Heloísa Helena (P-SOL AL) subir uns pontinhos nas pesquisas para a Rede Globo dar a ela um tratamento diferenciado. Nas coberturas de agendas dos candidatos à presidência da República, o locutor acrescentou que Heloísa Helena tinha votado contra o Pró-Uni,( que nada tinha a ver com a matéria), e disse sobre […]

21 de julho de 2006

MEDO

Por José Carlos Sá

A campanha eleitoral da maioria dos candidatos ainda não saiu às ruas. Não se vê “formiguinhas”, que agora são chamadas de “multiplicadoras”, nem cabos eleitorais. A propaganda está restrita, neste momento, à pintura de muros e adesivação de veículos. Todo mundo está economizando, ao mesmo tempo em que evita problemas com a Justiça Eleitoral.

17 de julho de 2006

ARITMÉTICA

Por José Carlos Sá

Li e não entendi. A matéria diz textualmente: “o prefeito de Ouro Preto do Oeste, Irandir de Oliveira Souza (PMN), foi absolvido por 4 votos a favor e 5 contra.” O endereço da coluna está lá embaixo, no roda-pé.

17 de julho de 2006

CORONELISMO

Por José Carlos Sá

Ao ouvir comentários sobre o clima de medo vivido por funcionários públicos que não são partidários da reeleição do governador Ivo Cassol, um aposentado do ex-Território falou: “Eita, tá parecendo o tempo do coronel Aluízio Ferreira. Ou era “cutuba” ou “pele curta”, quem perdia a eleição tava lascado”. Para quem não sabe, “cutubas” eram os […]

17 de julho de 2006

EU TAMBÉM

Por José Carlos Sá

Na manhã de domingo, um “cabo eleitoral” colava praguinhas com o nome e número de seu candidato, nos freqüentadores da feira do km 1, quando chegaram duas senhoras. Ele se dirigiu a uma delas, pediu licença e colou o adesivo na blusa dela. A outra mulher, erguendo o peito disse: “Cola no meu também, meu […]

17 de julho de 2006

LIXÃO

Por José Carlos Sá

E por falar em lixo, os moradores da Vila Princesa, instalada próxima ao local onde é jogado o lixo de Porto Velho, vivem um drama peculiar. É que estas pessoas são objeto de centenas de projetos universitários. Para todo lado que olham tem alguém com uma prancheta e um questionário para aplicar. Um morador uma […]

17 de julho de 2006

LIXO

Por José Carlos Sá

Durante esta semana o tema “licitação-da-coleta-do-lixo-de-Porto-Velho” foi muito comentado nas colunas dos jornais. Meias palavras, insinuações, recados nas entrelinhas, etc. Ninguém fala mais nada sobre o aterro sanitário, assunto que levou autoridades municipais e estaduais a São Paulo – em passado não muito distante – com direito a passagens aéreas, hospedagem e ‘acompanhantes’.

17 de julho de 2006

PRESÍDIO CINCO ESTRELAS

Por José Carlos Sá

O jornal “Diário de Pernambuco”, na edição de quinta-feira, 13, denunciou matéria sobre as “mordomias e facilidades de que dispõem uma parcela dos detentos do Presídio Professor Aníbal Bruno, o maior do Brasil e o segundo da América Latina. Os presos dispostos a pagar valores que podem chegar a R$ 3 mil podem usufruir de […]

14 de julho de 2006

NOSSA VOZ

Por José Carlos Sá

Recebi o novo número da revista bimensal “Nossa Voz”, editada em Porto Velho, por Vanderlei Coelho. Destaque para duas matérias: a cronologia histórica de Rondônia nos meses de junho e Julho, desde 1776 e o texto sobre a professora Marise Castiel, assinado por Francisco Matias. Imperdível.

14 de julho de 2006

NOVA VERSÃO

Por José Carlos Sá

A prisão ontem (13) de mais um dos sentenciados que fugiram do Urso Branco, na quinta-feira da semana passada com o “Birrinha”, colocou mais lenha na fogueira e mais dúvidas no ar. Segundo o apenado Dário, a fuga custou R$ 50 mil mesmo e o acerto foi feito por um agente penitenciário. Os fugitivos teriam […]

14 de julho de 2006

FORA DE ÉPOCA

Por José Carlos Sá

O carnaval fora de época de Porto Velho sempre provoca discussões. Não tenho nada contra nem a favor. Há os argumentos de que o dinheiro dos abadás e das bandas vai para Salvador, mas há também o argumento dos hotéis cheios e dos ambulantes “bamburrando” de vender cerveja, além das costureiras faturarem um pouco a […]

14 de julho de 2006

RELEASES

Por José Carlos Sá

O Sindicato dos Jornalistas de Rondônia foi criticado por exigir a reserva de mercado para os profissionais da área. Não discuto o mérito e os métodos. Mas chegam releases assinados (são assinados mesmo) por escrivães, engenheiros, cabos de policia, delegados, serventuários da Justiça e muitos outros profissionais. Tente colocar uma banca de advogado, um consultório […]

14 de julho de 2006

MAIS DO MESMO

Por José Carlos Sá

Conversava mais cedo com o companheiro Roberto Kuppê, que está em Brasília, sobre as eleições deste ano e o aparente clima de renovação. Apareceram muitos candidatos novos, apostando na exclusão dos políticos com mandato ou já antigos na vida pública. Mas, com pouquíssimas exceções, os novos não acrescentam nada, não propõem nada plausível ou factível. […]

14 de julho de 2006

MEGA SENA

Por José Carlos Sá

Há alguns dias comentei, aqui nos Banzeiros, sobre os sorteios das loterias. O ex-blog do César Maia publicou ontem (13): “MEGA SENA! Fraudes? A Polícia Federal investiga fraudes em sorteios da mega sena. Há casos em que os 15 ganhadores foram de cidades do Nordeste, o que seria estatisticamente impossível de acontecer. E muito mais. […]

13 de julho de 2006

O Cara

Por José Carlos Sá

Que Romário nada, que Maradona coisa nenhuma. O cara é o Aristeu!

13 de julho de 2006

ALGO DE NOVO

Por José Carlos Sá

A edição do jornal “Folha de Rondônia” foi aguardada ansiosamente, pois todos queriam ver a repercussão do depoimento do empresário-sanguessuga Darci José Vedoin, dono da Planan, no trecho em que afirmou que o senador Amir Lando também apresentou emenda para ambulâncias. Mas para surpresa geral, o diário tratou o assunto de forma “pró-Amir”. Dá para […]

13 de julho de 2006

AUTO-AFIRMAÇÃO

Por José Carlos Sá

Um colega de redação mandou fazer uma tatuagem no antebraço com a palavra “MACHO”, assim mesmo, em caixa alta. Não sabemos se é necessidade de auto-afirmação ou homenagem a alguém. A tatuagem é feita com henna (lawsonia inermis linné), temporária, para o caso de mudar de idéia. Ah, bom.

13 de julho de 2006

ONDE ESTÃO?

Por José Carlos Sá

Um caminhão carregado de óleo diesel capotou na BR-364, nas proximidades de Ariquemes, ontem. Toda a carga do caminhão derramou em um igarapé. Onde estão os ambientalistas que se mobilizam contra o projeto de Furnas, que é virtual, e não aparecem quando o problema é real? Não li uma linha sequer sobre este acidente ecológico, […]