09 de maio de 2020

O Santo e a Porca – O que li no confinamento

Por José Carlos Sá

Peça fala sobre a avareza (Foto divulgação)

A peça teatral de Ariano Suassuna conta a história de um homem avarento que junta dinheiro guardando-o em um cofre no formato de uma porca. Mas isso só fui entender ao final do livro. Imaginei que fosse uma arca ou um baú e que chamava o objeto de porca.

As personagens criadas por Ariano são muito bem estereotipadas e ressalta a característica de cada um: um avarento, o outro malandro, a coroa casadoira, um estudante que fugiu da escola para se casar com a filha do avarento e o fazendeiro rico, além dos empregados querendo dar o golpe no patrão. E ainda tem o Santo Antônio, que tem a devoção do dono da casa, Euricão Árabe.

Em certa altura da peça, encomendam uma porca assada ou cozida para o jantar e ao ouvir a palavra “porca”, Euricão Árabe se desespera e vai ao cemitério enterrar o cofre perto da sepultura da esposa dele: “Prefiro a companhia dos mortos à dos vivos, e ali minha porca ficará em segurança. Com medo dos mortos, os vivos não irão lá e os mortos, ah, os mortos não têm mais sonhos a realizar”.

O empregado, Pinhão, segue o patrão e rouba a porca. Ao final, se vê que o dinheiro guardado perdeu o valor e não servia para mais nada, para desespero do avarento.

Cartaz da apresentação da peça em Londrina – PR/2012  editado (Arte Thayane Castanho)

Na apresentação do livro O Santo e a Porca (José Olympio Editora/2007), Ariano Suassuna escreve que o fato da desvalorização do dinheiro aconteceu a um tio dele, em circunstâncias parecidas às do Euricão.

Já o meu avô Zizinho tinha umas economias depositadas na Caixa Econômica de Minas Gerais (Minascaixa) e quando ele foi sacar, o dinheiro já não valia nada. Houve mudança da moeda e o banco não atualizou os valores. Ele ficou desolado, pois precisava de um determinado valor para atender a uma emergência. Ficou por isso mesmo. E a Minascaixa foi extinta!

Tags

Ariano Suassuna Minas Caixa Teatro 

Compartilhar

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*