21 de março de 2020

Os milagres do cão Jerônimo: O que li no confinamento

Por José Carlos Sá

A obra é oferecida em formato e-book pela UFSC

Se de uma coisa não posso reclamar do confinamento social devido ao coronavírus, é o tédio. Não sou de sair de casa, sem ter absoluta necessidade. Aproveitei a oportunidade para mudar minha “rotina” e me agarrei à leitura pelo iPad e em livros físicos de papel.

Um dos que li é o “Os milagres do cão Jerônimo / Alçapão para gigantes”. São contos do professor, escritor, advogado Péricles Prade reunidos em um só volume pela editora UFSC, que o disponibilizou para ser baixado gratuitamente neste isolamento compulsório.

O estilo do autor é o realismo fantástico e os contos lembram sonhos que temos onde acontecem muitos e inexplicáveis fatos. Destaco, entre outros, A maravilhosa história de um tatu, em que uma família cria um animal que era loiro e tinha cataratas cor de abóbora crescidas nos olhos.

Outro conto interessante é a história de um tapete indiano que todos os dias era batido pela dona dele, uma prostituta, para limpá-lo. Com o passar do tempo, naturalmente, ambos envelhecem e a ex-prostituta vai com o tapete morar na rua e acaba sendo enforcada pelo capacho.

Em outro texto, um professor sofre com uma unha encravada. Ganha de presente uma tesoura de estranho brilho e a sugestão que corte a unha em “V” para melhorar da dor constante. Mas a unha cresce a cada vez que é aparada…

Café à noite (Het nachtcafé), de Vicente Van Gogh (Reprodução)

Outro texto para o qual chamo a atenção é “No museu”. Nele o personagem, “o pintor de roxas faces” visita todos os dias um museu onde conversa com seu quadro predileto, uma obra de autoria de Van Gogh, “Café à noite”. O protagonista promete liberdade a uma das figuras da pintura, o homem de branco com cabelos verdes. Os figurantes no quadro vão aparecendo mortos e uma parede aparece rachada (isso tudo no quadro). O homem de branco pergunta se não será libertado e a resposta que recebe é : – Ora! A libertação está em ti”.

Iguais a estes tem muito mais. Vale a pena ler.

O link está aqui: https://bit.ly/393AvFt

Tags

Editora UFSC Péricles Prade Realismo fantástico Van Gogh 

Compartilhar

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*