26 de novembro de 2019

Gratidão

Por José Carlos Sá

Eu sempre uso a palavra “Pesar” para externar meus sentimentos quando algum amigo ou pessoa que teve significado para mim parte desta vida. Ontem à noite (25), quando comuniquei à Marcela o falecimento do seu Euro Tourinho, ela respondeu: “Pense nele com a gratidão que você sente. Será bom para ele.”

Euro Tourinho no dia do lançamento de sua biografia “Euro Tourinho, a samaúma da imprensa amazônica”, do Silvio Persivo (Foto JCarlos 10082016)

Durante o pouco mais de três anos em que trabalhei no Alto Madeira, no início da década de 1990, era raro o dia que não via seu Euro na redação, seja sugerindo pauta, contando causos ou dando bronca nos fotógrafos que, segundo ele, gastavam muito filme para aproveitar apenas uma foto no jornal.

Tenho muitos causos com o seu Euro, mas vou contar apenas um. Pautado para acompanhar a implantação do horário diferenciado nos bancos de Porto Velho para atender aposentados e pensionistas, fomos a todas agências bancárias do centro e tivemos acesso para falar e fotografar os velhinhos tomando café com bolo e bolachas.

Chegando à Agência Madeira-Mamoré da Caixa Econômica, ali na avenida Carlos Gomes com Presidente Dutra, fomos barrados pelo vigilante. Pedi para falar com a assessora de Imprensa, ele negou. Pedi para falar com o gerente, ele negou, mesmo eu explicando qual era a pauta. Tentei negociar a entrada só do fotógrafo, também não. Desistimos e estávamos saindo, quando um homem aparando uma senhora bem velhinha nos abordou, contando que a mãe dele passou mal na fila, pois na agência não tinha lugar para sentar e nem café. Eles saíram para ela “forrar” o estômago. A senhora estava com um saquinho de refresco em uma mão e uma saltenha na outra.

Fiz a matéria, que teve destaque de capa com a foto da senhorinha. Depois eu soube que o jornal estava negociando com a Caixa o patrocínio para as páginas esportivas e estava arriscado perder o patrocínio. O seu Luiz Tourinho teria pedido a cabeça do autor da matéria (que não era assinada) e a resposta do seu Euro foi de que na redação mandava ele.

Peço que Deus o acolha e console familiares e amigos.

Tags

Caixa Econômica Euro Tourinho Jornal Alto Madeira Jornalismo Jornalista Luiz Tourinho 

Compartilhar

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*