19 de novembro de 2019

Assistindo Pelé jogar pelo “televizinho”

Por José Carlos Sá

Há 50 anos Pelé marcava o 1.000° gol (Foto Internet)

Fiquei sabendo que hoje, 19 de novembro, além de ser o Dia da Bandeira, também é aniversário de 50 anos do milésimo gol de Pelé. Queiram ou não queiram – Maradona, por exemplo – Pelé foi o maior jogador do Século XX, campeão mundial e etc.

Como meu pai gostava de futebol e torcia pelo Vasco, lá em casa sempre tinha o Jornal dos Sports, que era impresso em um papel cor de rosa. Assim, eu conhecia o Pelé pelas fotos publicadas nos jornais e nas revistas O Cruzeiro, Manchete e Fatos & Fotos. Meu sonho era ver o Pelé jogar, mas na minha cidade ainda não tinha televisão.

Um belo dia ficamos sabendo que uma família vizinha à nossa casa, proprietária de uma madeireira, tinha comprado um aparelho de televisão e iria “inaugurá-lo” à noite, quando iria ser exibido um vídeo de um jogo do Santos, onde Pelé era um dos craques.

Tevê com chuvisco (Foto Internet)

No horário do jogo a molecada da rua estava na frente da casa aguardando a abertura da janela, para vermos o sonhado ídolo. A senhora abriu a janela que dava para a rua e nós nos acomodamos.

Para mim foi uma decepção: a imagem era um monte de chuvisco e se via apenas os vultos dos jogadores. Sabíamos quem era quem por que o narrador dizia os nomes de quem estava com a bola. Fui embora frustrado.

Tags

Baú do Zé Fatos & Fotos Jornal dos Sports Manchete O Cruzeiro Pelé Santos FC Vasco 

Compartilhar

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*