31 de outubro de 2019

Dia de todas as bruxas

Por José Carlos Sá

Representação de bruxas sobre o céu de Florianópolis , a “terra da magia” (Gravura de Franklin Cascaes)

Ao chegar em Santa Catarina, na nossa primeira viagem, em 2012, li um conto do pesquisador da cultura açoriana, Franklin Cascaes, que recolhia os mitos e crendices dos açorianos que vieram colonizar a ilha de Santa Catarina e lugares no continente, como São José ad Terra Firme e Palhoça. Fiquei interessado e comprei livros e sempre que posso leio sobre o assunto.

…”esta ilha, antiga Nossa Senhora do Desterro, mergulhava até há bem poucos anos atrás nas brumas das lendas de seres imaginários: boitatás, lobisomens, fantasmas, feiticeiras, bruxas e embruxados que arrastavam suas sinas nas horas mortas da noite, pelas matas e na imensidão dos mares”…, escreveu Cascaes no conto “Balanço Bruxólico“, que é um dos meus preferidos.

Outra ilustração da imaginação de Franklin Cascaes

Portanto, neste dia das bruxas, a minha homenagem ao folclorista, ceramista, antropólogo, gravurista e escritor brasileiro, Franklin Cascaes.

 

Tags

Açorianos Florianópolis Franklin Cascaes São José da Terra Firme 

Compartilhar

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*