22 de outubro de 2019

Bolívia em chamas

Por José Carlos Sá

Um país em chamas (Foto Nico Solis)

Há dois dias comentei sobre uma consulta “eleitoral” realizada no Sistema Fiero em 1996, para a escolha de um representante dos empregados do sistema indústria na Câmara dos Vereadores de Porto Velho. Nessa consulta interna houve mudança das regras da eleição, o que, na minha opinião, favoreceu o vencedor.

Desde domingo (20), na Bolívia, o povo, a imprensa e a Organização dos Estados Americanos (OEA) divulgam que há suspeita de fraude nas eleições presidenciais, justamente usando a tática da mudança das regras durante o jogo. Evo Morales irá (ou iria) para o quarto mandato. Se deixarem.

Tags

Bolívia Evo Morales Fiero Fraude eleitoral Nico Solis OEA 

Compartilhar

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*