08 de outubro de 2019

Dormindo demais

Por José Carlos Sá

Por coincidência, o lavador tem este apelido (Foto Internet)

Nosso carro estava bem sujo de poeira, não só por termos andado em estradas de terra, como devido às construções no entorno da nossa casa. Na segunda-feira, depois da aula de Pilates levei o carro para a “lavação” (aqui não usam o termo ‘lava jato’). O estabelecimento mais próximo estava fechado. Fui em outro mais distante e também estava fechado.

Sabendo que o lavador mora lá mesmo, bati palmas e ele veio com cara de sono. Pedi desculpas por acordá-lo, o cara explicou que na véspera tinham feito um chá de bebê, pois o filho dele nascerá em janeiro; depois veio comigo para me deixar em casa, prometendo devolver o carro às 11 horas.

Na hora combinada ele não apareceu, almoçamos e eu comecei a ficar preocupado. Será que bateu o carro? Será que foi parado na blitz? Uma e trinta, não aguentei mais fui a pé para buscar o carro, que ainda estava nos finalmente. Entendi que ao retornar para o lavador, ao invés de ir trabalhar, voltou para a cama para completar o sono!

Pode?

Tags

Lavação de carros Pilates São José 

Compartilhar

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*