01 de outubro de 2019

A triste história da Estrelinha

Por José Carlos Sá

Lombo de porco assado (Foto internet/Petitchef)

Estávamos almoçando na Pousada Vitória, em Santa Rosa de Lima – SC, quando a Marcela perguntou à proprietária, que almoçava na outra mesa com uma família de hóspedes, como a carne de porco havia sido preparada, pois estava macia, suave e deliciosa.

– Foi assada, respondeu dona Dida, que ouviu elogios de todos nós.

– Era a Estrelinha, completou  e todos paramos de comer para ouvir o que ela dizia.

– Eu ganhei a Estrelinha deste tamanho [mostrou as mãos]. Foi criada com muito amor, com muito carinho, com ração saudável… Todos gostavam dela, mas engordou muito e já estava com 180 quilos [fez o gesto para mostrar o tamanho da porca] e não dava para continuar daquele jeito.

Foi um silêncio geral. Acredito que todos pensaram se deviam continuar comendo a Estrelinha…

Como consolo, a Marcela disse: “Ela cumpriu a missão dela na Terra”.

E como não podíamos fazer mais nada, terminamos de comer, com remorso, mas comemos.

Tags

Marcela Ximenes Pousada Vitória Santa Rosa de Lima 

Compartilhar

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*