13 de julho de 2019

Para não serem esquecidos

Por José Carlos Sá

O assunto jornalístico da sexta-feira 12/07, em Florianópolis, foi a sessão da Câmara Municipal, que na sua última atividade (quarta-feira, 10/07) antes do recesso, aprovou em “longos” 26 segundos, em dois turnos, o Projeto de Lei 17870/2019, que estende aos  23 vereadores o auxílio-alimentação, no valor de R$ 1.091,89 mensais, além do aumento da verba para contratação de assessores, para R$ 25 mil. Detalhe: o projeto passou por três comissões e foi apreciado no plenário em um dia  sem constar da Pauta de Votação. Dos 23 vereadores, 17 assinaram o projeto de autoria da Mesa Diretora.

Vereadores de Florianópolis aprovam vale refeição para eles próprios e aumento da verba de gabinete (Reprodução NSC TV)

Taí um exemplo para o Governo Federal que fica quebrando a cabeça para conseguir que os projetos do Executivo tramitem no Congresso Nacional. Perguntem aos vereadores de Floripa como é que faz. A resposta pode ser dada pelo presidente da Câmara Municipal, vereador  Roberto Katumi Oda (PSD), sem tomar fôlego: “Faço o pedido para que seja incorporada à ordem do dia o PL 17870/2019. Vereadores que concordam permaneçam como se encontram. Em discussão o PL. Ninguém quer discutir, encerrada a discussão. Em votação o PL 17870. Os vereadores que concordam permaneçam como se encontram. Aprovado!” O Projeto de Lei agora vai à sanção do prefeito Gean Loureiro (sem partido)

Tags

Câmara Municipal Florianópolis prefeito Gean Loureeiro vereador Roberto Katumi Oda 

Compartilhar

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*