23 de março de 2019

Nascimento ou batismo?

Por José Carlos Sá

Florianópolis, hoje, 23/03, comemora 346 anos de fundação. Mas há controvérsias.

Os europeus chegaram “oficialmente” à ilha de Santa Catarina em 1673, mas só em 1823 a vila de Nossa Senhora do Desterro foi elevada à categoria de cidade, se tornando a capital da Província de Santa Catarina. A chegada não tem uma data certa, só o ano; já a emancipação possui ata e tudo mais, em 23/03/1726. Para unificar os dois marcos, o que fizeram as autoridades competentes? Em 2016 um vereador propôs e teve aprovado o estudo – respaldado pelo Instituto Histórico e Geográfico de Santa Catarina -, que em 1673, o bandeirante “Francisco Dias Velho criou uma pequena empresa agrícola, trouxe gado, construiu engenhos, plantou, edificou uma capela de pedra e cal e assentou família e cem criados, enquanto perseguia índios e minas de ouro e prata…” e aí aumentou a idade cidade em 54 anos!

Ao ouvir esta narrativa hoje, me lembrei que o então chefe da Casa Civil do governo Ivo Cassol, Odacir Soares fez a proposta e quase teve êxito em mudar o aniversário de emancipação de Rondônia de 4 de janeiro (instalação) para 22 de dezembro (criação). Não haveria mudança significativa na contagem da idade do estado, apenas alguns dias, mas a proposta não prosperou.

 

Tags

Florianópolis Governador Ivo Cassol Odacir Soares Rondônia Santa Catarina 

Compartilhar

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*