11 de março de 2019

O dia em que a Eucatur parou a ilha de Santa Catarina

Por José Carlos Sá

Ônibus quebrado interrompe o trânsito por mais de quatro horas em Florianópolis (Foto Guarda Municipal de Florianópolis)

Um ônibus da empresa Eucatur teve uma pane elétrica às 4h30 desta segunda-feira, 11/03, na alça de saída da ponte Pedro Ivo Campos, único acesso do continente à ilha de Santa Catarina, onde está a capital Florianópolis. Por ser único acesso, imagine o tamanho do transtorno, pois o veículo só foi tirado do local quatro horas e meia mais tarde.

Pense num furdunço! (Foto Aline Lunardi/G1-SC)

A Guarda Municipal pediu apoio ao motorista de um guincho que passava pela ponte às 6h30, mas o motorista, mesmo querendo, não pode ajudar, pois o ônibus não tinha o engate para a colocação do cambão. E só foi piorando a situação. A empresa de guinchos que tem contrato com a Prefeitura de Florianópolis foi acionada e enviou um equipamento – que estava em outra cidade – sem capacidade para rebocar o ônibus sinistrado. Depois, a própria Eucatur acionou o mecânico – que também reside em outra cidade – que foi para o local e não levou as ferramentas adequadas. A empresa, então, mandou um carro buscar as ferramentas que estavam aqui em São José da Terra Firme, mas o portador só chegou horas depois porque o trânsito estava completamente parado.

Kafka explica!