11 de março de 2019

Mergulhando na cultura ‘manézinha’

Por José Carlos Sá

A exemplo do que fiz quando fui morar em Porto Velho e em Brasília, estou fazendo um intensivão para conhecer a cultura dos habitantes São José da Terra Firme, onde moramos, e Florianópolis, que é logo ali. Além de ler livros do professor Franklin Cascaes, com as histórias das bruxas (os conheci na nossa primeira viagem em 2012), estamos frequentando a Feira da Freguesia – todo segundo domingo do mês – e acompanhando nas redes sociais as personagens que representam o espírito do “Manézinho”, como são conhecidos os descendentes de açorianos, que aqui chegaram na primeira metade do século 18.

Tentamos acompanhar os falares, especialmente no Desarranjo Ilhéu e com a Dona Maricotinha. Também conhecemos na Feira o grupo Alivanta meu Boi e Zefa e Tonhota. É muito bom…

Dê uma olhada:

Dona Maricotinha (Foto Divulgação)

Desarranjo Ilhéu (Reprodução)

Apresentação do grupo Alivanta Meu Boi. À direita, a Bernúnça – criatura que come o que encontra (Fotos JCarlos)

Zefa e  Tonhota (Foto grande Divulgação/pequenas JCarlos)

Tags

folclore Manézinho São José 

Compartilhar

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*