13 de fevereiro de 2019

Reinventando a roda

Por José Carlos Sá

Reunião com deputados (foto Ronaldo Afonso/ALE-RO)

Deputados estaduais de Rondônia se reuniram com o governador Marcos Rocha, na terça-feira (12/2), e ficou acertado que cada secretaria designe um funcionário “para verificar o andamento da demanda, que se encarrega de responder ao deputado, que pode se reportar as suas bases, atualizando em que pé as coisas estão ocorrendo”, teria dito o governador.

Reinventando a roda (Charge Benett editada)

A ideia é boa e já funciona em nível federal. Os ministérios têm assessorias especialmente treinadas para atender os parlamentares, enquanto estes cadastram assessores junto ao SIAFI (Sistema Integrado de Administração Financeira do Governo Federal) e acompanham o andamento das emendas ao orçamento. Em algumas administrações estaduais – e isso aconteceu em Rondônia – o secretário-chefe da Casa Civil é quem faz(ia) este meio de campo com os deputados.

Vivi uma experiência em um órgão público do Governo de Rondônia em que cada diretor daquela autarquia era indicado por um deputado e era a este deputado que o diretor dava satisfações. O diretor-geral – também indicação política – não sabia o que acontecia no departamento que ele supostamente era o responsável.