28 de novembro de 2018

As origens do sincretismo religioso em Porto Velho

Por José Carlos Sá

Os estudantes da História Regional têm mais uma fonte de consultas para as pesquisas sobre a formação cultural da nossa população, agora sob o ponto de vista da religiosidade, desde as influências africanas às igrejas neo pentecostais. A obra “Cristianismo e religiões de matriz africana: aspectos do sincretismo religioso em Porto Velho, Rondônia”, de Dante Fonseca, Josué Passos de Melo (organizadores), Marta Valéria de Lima e Luciano Leal da Costa Lima (co-autores), acaba de ser lançada pela editora Nova Rondoniana (2018).

O livro é dividido em nove capítulos abordando o tema sob vários aspectos, como por exemplo, no capítulo três, em que o professor Josué Passos de Melo aborda os aspectos da cultura religiosa e do sincretismo em nossa cidade, “a partir da leitura de obras produzidas ao longo do século XX, lançando um olhar sobre o encontro das religiões da cristandade, africanas e indígenas e da influência desse encontro sobre a religiosidade em Porto Velho”.

 

Em sentido horário: Dante, Josué, Luciano e Marta (Fotos divulgação)

Sobre os autores, “professores doutores Dante Fonseca e Marta Lima e professores mestres Josué Melo e Luciano Lima, têm suas carreiras de pesquisadores vinculadas à Fundação Universidade Federal de Rondônia (UNIR), os dois primeiros como professores do Departamento de História e os mestres seguintes, egressos dos cursos de graduação e pós-graduação em História da mesma universidade”.

O livro pode ser adquirido nas boas casas do ramo ou pelo endereço eletrônico livrosrondoniana@gmail.com